Newsletter
Deseja receber a nossa netletter? Insira o seu e-mail.
O SEU E-MAIL





Destaques
Moradia T3 124.000 €
Usado | 160m²
Caldas da Rainha
TORNADA E SALIR DO PORTO




Notícias
Venda de casas usadas domina mercado | 7 de Março de 2014 10:28:25
A compra de casa continua a ser a opção para a maioria dos portugueses e o arrendamento ainda não é a primeira escolha. O mercado de arrendamento representava apenas 43,27% em Outubro contra os 66,94% da procura para aquisição.

De acordo com o Market Outlook de Fevereiro de 2014, do Gabinete de Estudos da APEMIP – Associação dos Profissionais e das Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal, o peso do arrendamento na procura residencial andou entre os 43 e 44% durante os meses de Maio a Outubro, enquanto a procura foi sempre substancialmente mais elevada para a compra de habitação. Além dos 66,94% para apartamentos, verificou-se também uma procura de 33,06% para moradias.

Outro dado relevante que demonstra a preferência pela compra é o facto de se registar uma subida mais acentuada. Em Maio era de 63,13% e em Outubro atingiu os 66,94%.

Os apartamentos T3 e T2 continuam também a ser os mais procurados com 29,67% e 31% respectivamente. Quanto aos valores pretendidos pelos portugueses são os que ficam entre os 75.000 e 125.000 euros com uma percentagem de 31,52. Seguem-se os apartamentos que se situam com valores de 75.000 euros para baixo (26,36%) e entre os 125.000 e os 175.000 euros com 21%.

Relativamente ao arrendamento os apartamentos mais pretendidos são aqueles com valores entre os 300 e os 500 euros mensais (39,26%), seguidos daqueles que apresentam mensalidades dos 300 euros para baixo (38,56%).

Oferta de apartamentos usados domina o mercado

Do lado da oferta, os apartamentos também continuam a dominar assim como o segmento dos usados. Em Outubro de 2013, a oferta era de 70,73% enquanto as moradias representavam 29,27%. As casas usadas para venda são as que existem mais no mercado com 56,81% contra os 27,56% dos apartamentos novos. Em construção encontra-se 5,24% da oferta residencial para comercializar.

Quanto às Áreas Metropolitanas, Lisboa supera o Porto nas tipologias 1, 2 e 3 com valores mais elevados mas nas tipologias T3 e T4 a Invicta ultrapassa a capital portuguesa com preços de 204.865 e 356.368 euros contra os 201.161 e 343.475 euros, respectivamente.

Contudo, os valores do metro quadrado são superiores na Região de Lisboa face à do Porto em qualquer das tipologias.

Já no arrendamento a maior oferta a nível nacional vão para os apartamentos com valores entre os 300 e 500 euros com 44,78%, seguida das casas com valores entre os 500 e 750 euros (20,39%). Estes são também os valores com maior oferta nas duas Áreas Metropolitanas.

In: http://www.apemip.pt/



ENVIAR NOTÍCIA

O seu nome *


Email do seu amigo *




Lucrisucesso - Mediação Imobiliária, Lda - AMI 8044